Em direção a uma sociedade transparente

Aprender a viver em total transparência: este é o rumo que se tende a tomar, irremediavelmente.

  1. Sociedade transparente• Após o caso Snowden, ficamos sabendo que os Estados espionam uns aos outros,
  2. • Na França, o governo planeja colocar uma caixa preta em cada veículo novo para analisar/espionar em caso de acidente,
  3. • Nada mais simples e econômico, atualmente, do que espionar um smartphone, instalando este software nele, o mais simples e mais barato que existe (menos de 100 reais).

Em resumo, todas as indicações se convergem para um ponto: mais cedo ou mais tarde, nós viveremos em uma sociedade em que não seremos mais capazes de esconder muito a nossa privacidade. Nossos filhos crescem com esse fato e com essa sociedade, eles se acostumarão com isso, já que estão habituados a se comunicar com os amigos através do Facebook ou paquerar em sites de namoro.

Há 20 anos, isso não era imaginável: para conhecer alguém era preciso ir a boates ou a festas. Hoje em dia, a maioria dos jovens registrar-se em um site de namoro para encontrar um namorado/a. Podemos até ir mais longe: o sexo está se tornando virtual, com a moda do exibicionismo pornô diante da tela. O sexo não mais envolve “toques”; ele e feito diante da tela.

As gerações mais velhas, é claro, não entenderão a evolução, as mais novas, porém, se acomodarão perfeitamente, como sempre fizeram. E nossa sociedade, por sua vez, será perturbada por outra mudança, e assim por diante.

  1. • Então, devemos nos sentir ofendidos?
  2. • Devemos protestar?
  3. • Devemos continuar a querer na irresistível moda antiga?

Nosso relacionamento entre os seres humanos muda conforme o ambiente em que nos encontramos.

3 fleccia

Aqui o melhor monitoramento de aplicativos

3 garantias para um software:

Restituição 10 dias

anonimato garantido

suporte gratuito

=> Vigilância, monitorização e Captura de chamadas

{ 0 comentários… add one }

Comente o artigo

Next Post:

Previous Post:

Pin It on Pinterest

Share This
Leia mais:
4 formas de proteger seu filho do bullying online
Fechar