Como hackear uma senha Instagram em 2020

Hackear uma conta Instagram em quatro técnicas: adivinhar a senha, usar software, criar uma página de phishing, usar Trademarking.

Desde seu lançamento em outubro de 2010, a Instagram tem tido um sucesso notável no campo das redes sociais, distribuição de imagem e comunicação pura. Muitos adolescentes estão agora abandonando o Facebook como sendo muito “aberto” e muito “intrusivo” para se comunicarem de forma mais discreta através do Instagram. A aquisição da plataforma pelo Facebook em 2012 viu até mesmo a taxa de utilização da Instagram aumentar exponencialmente. Quase um bilhão de usuários em todo o mundo agora o utilizam todos os meses. A ascensão da Instagram ao posto de superestrela social global se deve a sua interface de fácil utilização e características divertidas. Você não precisa mais acessar o Facebook para compartilhar uma foto, a Instagram permite que você faça tudo em sua aplicação com apenas alguns cliques.

Interações sociais na Instagram

  • Compartilhar suas opiniões e fotos é uma ótima maneira de se manter em contato com seus entes queridos.
  • Fique de olho em suas celebridades favoritas
  • Compartilhe os detalhes de sua vida através de uma plataforma visual

Mas às vezes pode ser necessário hackear uma conta Instagram sem utilizar uma senha

  • você pode querer verificar a conta de seu filho
  • você esqueceu sua senha
  • você deseja verificar a de seu parceiro, etc.
Seja qual for o motivo, existem maneiras de acessar a conta Instagram de alguém.

O problema com as senhas Instagram

Toda tecnologia tem suas falhas. Embora a equipe Instagram atualize regularmente sua plataforma para melhorar a eficiência da aplicação, sempre haverá questões relacionadas ao usuário que a equipe Instagram não será capaz de resolver quando as coisas derem errado.

Senha esquecida

Um dos problemas mais comuns com as contas Instagram é que seus proprietários muitas vezes esquecem suas senhas. Quantas vezes você já se registrou para um serviço on-line e anotou fisicamente sua senha? A maioria de nós escolhe uma senha geral que usa para múltiplas contas. Esta é a melhor forma de hackeá-la! Tudo o que um hacker tem que fazer é obtê-lo de um site para testá-lo em todos os sites que ele conhece!

Invasão de senha

Às vezes podemos confiar em um gerador automático de senhas para inserir nossos caracteres antes de pressionar “salvar” no formulário de preenchimento automático. Mas o que acontece quando as coisas dão errado?

→ Você perdeu sua senha Instagram e não pode mais entrar em sua conta. O que fazemos agora?

Há várias razões pelas quais você pode esquecer sua senha:
  • Seu telefone falhou
  • Você teve uma atualização do pedido
  • Você perdeu seu telefone e comprou um novo.
Seja qual for a razão de seu problema, a conclusão é a mesma: você está bloqueado e não pode voltar ao seu perfil.

A solução para o seu problema – Como hackear sua conta Instagram

Há produtos que ajudam a contornar os protocolos de segurança de uma conta Instagram. Analisaremos quatro maneiras diferentes de invadir seu perfil Instagram e acessar suas imagens e histórias.
Isenção de responsabilidade

Depois de ler e aprender estes 4 métodos para invadir uma senha Instagram, você terá um conhecimento prático do processo, com a possibilidade de uso malicioso.

Não assumimos nenhuma responsabilidade pela forma como você assimila, distribui ou utiliza estas informações. Lembre-se de que é ilegal invadir uma rede social pertencente a outros.

Vamos explicar os quatro métodos a seguir:
  • 1/ Hacking Instagram usando software
  • 2/ Usando o método phishing – Como fazer uma página de phishing da Instagram
  • 3/ Como adivinhar a senha
  • 4/ Criar uma marca e solicitar uma conta de usuário através dos direitos autorais

1/ Hackear Instagram usando software

O método de ataque por força bruta é uma técnica que utiliza software especializado de hacking para atingir seu objetivo de hacking de conta. Anteriormente, isto exigia que os usuários baixassem um documento .txt contendo senhas freqüentemente usadas e atualizadas para seu navegador. O programa percorreu a lista tentando cada senha uma a uma até encontrar uma combinação bem sucedida de caracteres. Estas ferramentas de quebra de senha eram populares até a introdução no mercado de caracteres especializados, geradores aleatórios de senha e autenticação de dois fatores, reduzindo a eficácia do método de força bruta.

→ InstaRipper

Um dos exemplos mais conhecidos deste tipo de software é o “InstaRipper” (← aqui o site oficial). Este programa contém uma lista integrada de senhas que é continuamente atualizada pelos desenvolvedores de aplicativos. O programa automatiza as tarefas de execução de senha e craqueamento de conta. Outra característica da aplicação InstaRipper é sua operação furtiva. Ele seqüestra automaticamente seu endereço IP, escondendo os hackers dos olhos curiosos dos ISPs. Os desenvolvedores publicam novos endereços IP por procuração a cada semana, para que eles possam girar. A InstaRipper elimina automaticamente os cookies do navegador, uma vez que a ferramenta tenha concluído suas tarefas operacionais. Esta função remove todos os vestígios da aplicação. O tempo necessário para descobrir uma senha depende de vários fatores, incluindo os seguintes:
  • A velocidade da conexão de internet
  • A CPU do dispositivo que executa o programa (sua potência)
  • A qualidade da senha
A força da senha desempenha o papel mais importante entre esses três fatores. Se o usuário escolher caracteres especiais, tais como “#-*@$%”, a aplicação pode demorar mais tempo para descobrir a senha. Mas se a senha contém apenas letras e números, você deve poder acessá-la em apenas alguns minutos. Quanto mais poderosa for sua CPU, mais rápido o aplicativo será executado, procurando por combinações de senhas. A velocidade de sua conexão à Internet também desempenha um papel importante na velocidade de rachadura. Como a aplicação é baseada em navegador, não há necessidade de baixar arquivos que são muito grandes. No entanto, a desvantagem desta portabilidade é que ela depende da largura de banda para determinar a velocidade em que a aplicação funciona. O InstaRipper pode ser usado na maioria dos dispositivos móveis, incluindo smartphones, tablets e laptops. O software funciona com todos os sistemas operacionais, incluindo Windows, Android e iOS.
Como hackear o instagram

→ A aplicação alternativa

Existe uma aplicação alternativa à Instaripper se você não tiver o conhecimento para usar o software de hacking.

Este é a Mspy (← site oficial). É um aplicativo móvel que você tem que instalar no telefone celular que deseja monitorar. Uma vez que o dispositivo está enraizado e o aplicativo instalado no interior, a Mspy registra tudo o que passa através do smartphone:
  • Mensagens Instagram
  • Facebook
  • Chamadas telefônicas
  • Mensagens de texto
  • Locais
  • Até mesmo as senhas
Tudo é transferido automaticamente para sua conta, que você pode visualizar de casa, de seu smartphone ou de seu computador.

Observe que se o telefone a ser monitorado for um iPhone, este aplicativo pode ser instalado remotamente sem mesmo tê-lo em mãos.

Como usar a mSpy

É muito mais fácil usar um produto pré-construído do que tentar criar uma página de phishing ou adivinhar senhas. Aqui está um guia passo a passo para usar o mSpy (aqui seu teste) e invadir uma senha Instagram:
  • Passo 1 – Inicialize seu dispositivo Android ou iOS
  • Passo 2 – Comprar a versão premium da ferramenta de software mSpy
  • Passo 3 – Clique no link mSpy e escolha a configuração iOS ou Android
  • Passo 4 – Visite o painel de controle, selecione “Keylogger” ou “Instagram tracker”
  • Passo 5 – Executar o programa e esperar por resultados
Mspy Monitoramento do Instagram

É importante entender a diferença entre as funções do Keylogger e do Instagram Tracker.

Keylogging Permite salvar e acessar todas as teclas pressionadas no teclado da unidade. O programa peneira estas informações e descriptografa a senha para a conta Instagram que você está procurando.
O recurso de rastreamento Instagram no mSpy lhe dá acesso a todas as mensagens trocadas entre o perfil alvo e seu público.
Gostamos do mSpy por sua interface amigável e sua eficiência em quebrar senhas Instagram. Entretanto, esteja ciente de que as taxas de assinatura premium têm um custo significativo.

→ O método de ataque por força bruta

Depois de gerar uma lista de senhas, lançaremos um ataque de força bruta no qual a ferramenta verificará cada senha aplicando-a manualmente. No final, será mostrada a senha real.

Como lançar um ataque com força bruta para invadir a Instagram?

Para isso, utilizaremos uma ferramenta chamada Instashell, que você pode baixar clicando aqui. Esta é uma ferramenta muito boa para hacking Instagram. Ela tem a capacidade de verificar um número infinito de senhas através de uma conexão Tor anônima. Você também pode salvar/resumir uma sessão, mesmo que ela já tenha sido iniciada. Basicamente, a InstaShell tem uma lista de senhas com mais de 39.000 palavras.

Como usar o InstaShell

Primeiro, instale a Instashell. Se você estiver usando o osso Kali (linux), digite : git clone https://github.com/thelinuxchoice/instashell.git Certifique-se de executar o Tor antes de lançar o ataque de força bruta: service tor start Em seguida, abra Instashell e altere a autorização do arquivo executável de instashell.sh para instashell.sh, digitando: cd instashell/ chmod 775 instashell.sh chmod 775 install.sh Agora você só precisa lançar o módulo: ./instashell.sh Digite o nome de usuário da conta da qual você deseja hackear Instagram e, em seguida, digite o nome da lista de senhas que você deseja usar. Você tem a escolha entre usar a lista de senhas padrão, ou usar sua própria lista de senhas copiando seu arquivo para a pasta Instashell. Finalmente, pressione Enter para lançar o ataque. A ferramenta verificará cada combinação de senha com o nome de usuário que você digitou.
Atenção

Esta mensagem é apenas para fins educacionais. Nossa principal motivação ao escrever este artigo é mostrar a você como sua senha é insegura.

Obtenha sempre a permissão do proprietário da conta antes de invadir sua conta Instagram. Se você o fizer sem a permissão do proprietário, você poderá ter problemas e o site untelephone.com não será responsável.

Para combater o método de ataque por força bruta, nunca use a mesma senha e escolha uma senha aleatória.


2/ Usando o método de phishing

Qualquer pessoa que tenha pesquisado os fóruns de hacking e esteja procurando hackear uma senha Instagram tropeçou no método de phishing. Os próprios hackers dizem que esta é a maneira mais fácil de invadir uma conta. Quando as pessoas buscam on-line informações sobre hacking de contas, muitas vezes são confrontadas com o phishing devido à sua taxa de sucesso e às evidências sociais em torno da confiabilidade do método.

O que é phishing?

Os hackers simplesmente criam uma página de login falsa da Instagram e esperam que o usuário insira suas informações de conta e senha. A página falsa registra os detalhes e os envia para o hacker em um arquivo de texto para fácil acesso. O atacante agora tem a senha da conta e pode acessar o perfil a qualquer momento.

Como atrair o usuário da Internet para a armadilha

Método 1: O hacker cria esta página de login falsa dentro de uma aplicação que ele projetou para “ajudar os usuários Instagram a gerenciar suas contas de forma mais eficiente”. Na realidade, é um sistema de porta traseira projetado para ajudá-lo a contornar as características de segurança da Instagram. Método 2: Outra estratégia é enviar o link para a página de login falso diretamente para o usuário, esperando que o usuário entre com suas informações de contato. Uma vez que um hacker tenha acesso à sua senha Instagram, é razoavelmente fácil para ele acessar todas as suas outras contas de redes sociais, incluindo Twitter e Facebook. O Facebook está ligado à Instagram, e muitas pessoas usam a mesma senha para todas as suas plataformas sociais. Os hackers rentabilizam esses dados e os vendem na Dark Web para um lucro considerável. Em alguns casos, a vítima hacker nem mesmo saberá que um hacker comprometeu sua conta porque a página de login falsificada os leva diretamente ao seu perfil como se nada fora do comum tivesse acontecido.

Como criar uma página de phishing Instagram a partir do zero

Sendo o phishing um tópico muito popular para hacking de qualquer tipo de senha, saiba antes de tudo que você vai precisar:
  • uma conexão de internet
  • uma conta de hospedagem web
  • O arquivo “ig-login-page.rar” (para abrir com Winrar para aqueles que não sabem) – A senha para abrir este arquivo é “securityequifax” sem aspas.
Uma vez que tudo isso tenha sido feito, é hora de começar a trabalhar. Siga este guia passo a passo para criar uma página de login falsa da Instagram.
  • Passo 1 – Abra uma conta de hospedagem gratuita, como aquela que você obtém em Hostinger. Você também pode usar hospedagem paga se desejar – é ainda melhor, porque a hospedagem gratuita pode ser banida se o sistema deles detectar que você a está usando para phishing, o que é contrário aos seus termos de uso.
  • Passo 2 – Confirme seu endereço de e-mail. Seja paciente, pois seus e-mails podem levar algum tempo para chegar à sua caixa postal. Pela minha parte, esperei cerca de dez minutos pelo meu.
  • Passo 3 – Você está pronto para começar a construir a página. Vá até sua conta e escolha “Upload Own Website”.
  • Passo 4 – Extraia o arquivo “ig-login-page.rar” que você já descarregou anteriormente para uma nova pasta vazia. Você deve extrair 11 novos arquivos.
  • Passo 5 – Carregue estes 11 arquivos em seu novo site. Escolha a opção “Upload de arquivos” no canto superior direito.
  • Passo 6 – Sua página de phishing já deve estar pronta. Verifique visitando seu link em uma nova guia. Quando você abre seu link, deve aparecer uma página de login falsa da Instagram. Se você não vê isso, você fez algo errado.
  • Passo 7 – Os hackers freqüentemente usam truques para enviar e-mails falsos para suas vítimas dizendo algo como “Alguém tentou invadir sua conta”. Faça login usando este link com uma senha válida para confirmar que ela é sua”.
  • Passo 8 – Após alguém digitar seu nome de usuário e senha em sua página de login falsa, você pode ver suas informações de login digitando /password.html no final de seu link em um navegador URL, e pressionando Enter.

Seguindo este método, você é capaz de configurar e usar uma página de phishing e analisar os resultados que ela lhe traz.


3/ Hackear uma conta adivinhando uma senha

Todos ouvimos os avisos sobre a necessidade de mudar nossas senhas a cada trimestre e de usar uma senha gerada aleatoriamente para melhor segurança. Diante deste fato, é surpreendente quantas pessoas ainda se recusam a adotar este protocolo básico de segurança na Internet. Gizmodo, uma das principais empresas de segurança de software, publica uma lista das 25 senhas mais comuns a cada ano. Se você usar uma dessas senhas, sugerimos que você a mude imediatamente, pois corre um alto risco de ser invadido. Gismodo estima que mais de 70% de todos os usuários online já usaram uma dessas 25 senhas em algum momento de sua experiência online.

→ Gizmodo / As 25 senhas mais comuns a serem evitadas

123456 senha
12345678 123456789
12345 letmein
1234567 futebol
Euteamo admin
bemvindo macaco
conexao abc123
starwars 123123
entrar dragao
666666 ola
gratis 654321
charlie trustno1
Se você está tentando invadir uma conta Instagram e conhece bem a pessoa, tente usar seu aniversário ou os nomes dos membros de sua família para obter a senha. Essas opções também são comuns para mais de 60% de todos os usuários online.

→ Usando um keylogger de hardware

Um keylogger de hardware é um dispositivo muito pequeno, de forma cilíndrica, que se conecta ao teclado do computador. Ele monitora cada pressionamento de tecla no teclado. Então você pode ver o que a vítima está digitando em seu sistema.

→ Usando um keylogger de software

Um keylogger de software é um programa de computador projetado para monitorar os pressionamentos de teclas. Estes keyloggers são capazes de contornar pequenos firewalls e programas antivírus.

Como você mesmo faz um keylogger?

Vamos usar uma pequena ferramenta chamada Beelogger. Você pode baixar este freeware clicando aqui e você também pode cloná-lo em seu Kali digitando o comando abaixo. git clone https://github.com/4w4k3/BeeLogger.git Antes de instalar esta ferramenta, eu recomendo que você instale o vinho34 primeiro. Então você será capaz de instalar o beelogger, caso contrário você poderá encontrar erros. Para instalar a ferramenta beelogger em seu Kali, digite: ./install.sh Ele pergunta para qual plataforma você quer fazer um keylogger. Selecione esta opção de acordo com a sua escolha. Depois disso, clique em next até a configuração. Após a conclusão do processo de instalação, execute o Bee Script para criar um Keylogger: ./bee.py Esta ferramenta é muito fácil de usar. Pressione K para gerar uma carga útil. O Beeloger oferece algumas opções como “Select 1” para ter os resultados exibidos como um PDF Adobe Flash. Basta selecionar a opção de acordo com sua necessidade. Eu selecionei a opção 1. Em seguida, a ferramenta pede seu login e senha do Gmail onde você receberá o arquivo de log. Eu recomendo que você crie uma nova conta Gmail para este fim. Não dê sua conta original do Gmail. Depois de ter dado sua ID e senha, você precisará ir para sua conta Gmail e ‘Permitir aplicações menos seguras’. O Beelogger começará a gerar seu Keylogger. Uma vez concluído, este keylogger estará presente em Beelogger/dist/Adobe_Flash_.exe. Agora basta copiar este Keylogger e enviá-lo à sua vítima. Uma vez que sua vítima tenha feito duplo clique neste arquivo, você obterá todas as teclas do sistema de sua vítima. Você receberá um e-mail cada vez que ele completar 120 palavras ou após 2 minutos, na conta do Gmail que você entrou.

É bom saber: Se você estiver procurando um keylogger pronto, recomendamos este aplicativo móvel que você só tem que instalar no telefone da vítima (Android).

Além de recuperar todas as mensagens, textos e senhas digitadas no teclado do telefone, esta discreta aplicação também é capaz de gravar voz e conversas.


4/ Roubar uma conta Instagram graças ao Copyright

Estas duas últimas técnicas são bastante novas para o mercado de hacking da Instagram. Rapidamente, aqui está uma visão geral do método.
Preencher uma marca falsa para roubar uma conta Instagram específica

Preencher uma marca falsa para roubar uma conta Instagram específica

Esta técnica, denominada Trademarking, baseia-se no fato de que a Instagram deve proteger as marcas registradas que já tenham registrado um Copyright. Se um usuário comum criar uma página Instagram usando o nome de uma marca, a pedido da marca em questão, a Instagram deverá entregar a conta para a empresa devidamente registrada. Esta é a lei. Assim, você pode ver para onde a técnica está indo:
  • Para registrar uma marca com o mesmo nome da conta do usuário visado…
  • Apresentar uma reclamação junto à Instagram usando o Formulário de Reclamação Instagram.
  • Preencha os campos obrigatórios, incluindo seus números de registro e a organização com a qual você registrou sua marca.
Você receberá o nome da conta alvo com suas credenciais, entregue com as felicitações da Instagram!

Envio de avisos falsos de direitos autorais

O propósito aqui é diferente. Você envia ao titular da conta visada uma falsa mensagem de aviso. Nesta mensagem, você finge ser Instagram dizendo que uma das imagens na conta está com direitos autorais e que o detentor dos direitos autorais está reclamando de seu uso. Você acrescenta que no caso de uma disputa, o usuário pode usar o formulário de contato ao qual você anexa o link. E lá, o link vai para uma página de phishing.
Falso Instagram e-mail (phising)

A privacidade e o debate ético

Os métodos que descrevemos neste artigo são eficazes para acessar uma conta Instagram, mesmo que ela pertença a outra pessoa. O que fazemos com nosso conhecimento é um traço de nosso caráter. Não utilize estas informações para invadir outras contas de usuários em nenhuma circunstância. O sistema jurídico francês prevê penalidades severas para fraudes on-line, e o roubo da conta Instagram de outra pessoa é exatamente isso: fraude e roubo de identidade. As pessoas que roubam o acesso às contas de outros usuários são ladrões de direitos autorais que merecem ser punidos por lei.

É bom saber que

Se é apenas sua senha que você esqueceu e não pode recuperar, você pode apenas exibir o código fonte na página de login da Instagram para tornar a senha registrada visível.

Para fazer isso, nada é mais eficaz do que um pequeno vídeo :

Sua família e amigos

Estas tecnologias oferecem valor inestimável para empregadores e pais, ajudando-os a proteger pessoas, bens e membros da família. Entretanto, pode ser tentador ser antiético em seu uso de software. Antes de decidir instalar software de terceiros nos telefones e dispositivos de sua família e funcionários, é importante pensar sobre as conseqüências éticas e legais de sua decisão.

Seu trabalho

Embora seja sua prerrogativa decidir se deve ou não instalar o software nos ativos de sua empresa, alguns funcionários podem se opor a suas ações como uma invasão de privacidade. É essencial que você receba aconselhamento jurídico sobre este assunto e que cumpra a lei sobre comunicações e transferências de dados.

Sua família

Quanto aos pais, às vezes é melhor dizer diretamente a seus filhos que você está instalando estas aplicações em seus telefones.
Hackear Instagram
User Review
2.71 (7 votes)

Pros

  • Prevenção do cyberbullying: Os pais podem invadir a conta Instagram de seus filhos para descobrir não só o que eles estão fazendo, mas também com quem eles estão interagindo. Eles serão capazes de regular seu tempo na Instagram, o que pode reduzir o risco de bullying on-line.
  • Segurança de rede: Entrar no Instagram não se trata apenas de monitorar ou rastrear as atividades on-line de alguém. Você pode usá-la como uma estratégia para garantir e proteger uma conta Instagram.
  • Monitoramento remoto: A maioria, se não todos, os hackers Instagram são projetados para monitorar as atividades de alguém sem seu conhecimento. Como pai, você tem a capacidade de examinar, avaliar e restringir a vida do seu filho no Instagram.

Cons

  • Perda de informações : Como resultado do hacking da Instagram, pessoas não autorizadas podem acessar e roubar informações críticas pertencentes a um indivíduo ou organização. Os dados podem ser manipulados para atender a interesses egoístas.
  • Invasão: A invasão do Instagram é feita na maioria das vezes sem o consentimento do alvo. É uma grave invasão de privacidade que ninguém pode aceitar. Os empregadores podem escolher uma estratégia de hacking que tenha o apoio legal e o consentimento de seus empregados.